Tipos e Categoria de Contas

Para saber se o seu lucro operacional está no AZUL você necessita lançar as receita e os desembolsos nas contas corretas, ou seja para fazer uma DRE (Demonstração de Resultado de Exercício) Gerencial é necessário entender os tipos de receita e de desembolsos existentes para fazer o correto lançamento.

 

FERRAMENTA DE CONTROLE FINANCEIRO 2.0

 

Lançamento das receitas e desembolsos

Todos os lançamentos da sua movimentação financeira podem ser receitas ou desembolsos, créditos ou débitos, mas onde lançá-las, em quais categorias?  Digo que é importante saber a finalidade da despesa ou a origem da receita para ter certo a informação correta do seu real resultado afinal, nem todo desembolso é despesa.

Devemos separar os lançamentos para o tipos de contas que apresento abaixo:

 

  • Receitas Operacionais
  • Receitas não operacionais
  • Impostos sobre vendas
  • Custo (CMV)
  • Despesa Variável
  • Despesa Fixa
  • Despesa Financeira
  • Imobilizado
  • Empréstimos

Vamos agora a explicação detalhada:

Receitas Operacionais 

São as receitas diretamente ligadas a sua atividade fim.

Pode ser receita de produto ou receita de serviços.

Importante também a separação das mesmas por tipo de recebimento, como dinheiro, cartão crédito ou débito.

 

Receitas não Operacionais

São receitas diversas que não diretamente ligadas a sua atividade fim.

Ex: Receitas de aplicação financeira ou a receita da venda de um carro da empresa, etc

 

Impostos sobre Vendas 

Serão lançadas nesta conta apenas Impostos que são diretamente ligados ao faturamento, a venda de sua empresa, como: SIMPLES, ICMS, PIS, COFINS, ISS entre outras.

Aqui entram só impostos relacionados a venda, que variam com o valor da venda.

 

Custo, CMV

Por Custo se entende o que está diretamente ligado a produção.

Caso você produza seria todo material e insumos ligados a produção do item em questão.

No caso de comércio o custo da mercadoria que você adquiriu para revenda. (CMV = Custo da Mercadoria Vendida).

Aqui entra, portanto o custo do produto que será comercializado.

Não confunda com despesa variável, ou com qualquer despesa. Entra nesta conta os fornecedores dos seus produtos e matérias primas. O frete da compra do seu produto entra aqui no custo, pois faz parte do custo de aquisição do produto.

 

Despesa Variável

Na despesa variável entram as despesas que variam com faturamento como comissão e o frete da entrega do produto a seu cliente. Gastos com embalagem entram também nesta categoria.

 

Despesas Fixas

As despesas fixas não variam no curto prazo com o faturamento.

Podem variar mensalmente de acordo com a necessidade ou com o descontrole dos gastos, mas não variam comumente.

Separo das despesa fixas em 6 grandes categorias

  1. Despesas Fixas Administrativas
  2. Despesas Fixas de Pessoal
  3. Despesas Fixas Comerciais
  4. Despesas Fixas de Veículos
  5. Despesas Fixas Bancárias
  6. Despesas Fixas dos Sócios

Seus desembolsos do dia a dia que não configuram como Custo ou como Despesa Variável deverão ser lançadas nestas 6 categorias, com exceção de compra de imobilizado(investimentos) , pagamentos de empréstimos e  despesas financeiras, que ainda falarei no decorrer do assunto.

Nas despesas administrativas estão as despesas para manter o negócio funcionando como:  Água e Esgoto, Aluguel, Cartório, Consultoria, Condomínio, Contabilidade, Energia Elétrica, Internet, IPTU , Álvara, Coleta
Jurídico , Advogado, Licença Software, Manutenção Informática , Manutenção Predial , Material de Escritório , Material Limpeza
Segurança, Seguros , Supermercado, Telefonia, entre outros

Nas despesas de pessoal estão todas as despesas de remuneração e de benefícios para os colaboradores como: Salários, 13o Salário, Férias, Alimentação, Plano Saúde e Farmácia, Cursos e Treinamentos, Exames e Programas Anuais, FGTS, INSS GPS,
IRPF, Rescisões, Sindicato, Uniforme e EPI, Vale Transporte entre outros.

Nas despesas comerciais devem ser lançadas todas as despesas com sua área comercial, bem como despesas de marketing e publicidade, como:  Marketing e Publicidade, Radio e TV, Impressos, “Google, Face, Mídias, Site”, Associações, Brindes e Doações
Premiações, Viagens , Análise de Crédito, entre outros.

Nas despesas bancárias você deve lançar as despesas necessárias para manter e de uso de usa conta ativa , como: mensalidade, tarifas, tarifa cobrança, tarifa conta ativa, TED, entre outros. Não lançar nesta conta despesas com juros ou IOF, pois serão lançadas em despesas financeiras.

Por ultimo vem as despesas dos sócios, indicado pelas contas, pró labore e retiradas sócios. Nesta conta deve ser lançado o salário do sócio que pode ser chamado de pró labore e outras retiradas que devem ser lançadas em retirada dos sócios. Veja que qualquer despesa do sócio não deve ser lançado nas despesas da empresa, por exemplo: luz da casa do sócio deve ser lançado em pro labore ou retirada e nunca em despesa fixa administrativa energia elétrica. Objetivo é saber quanto é a real retirada mensal do sócio. Mesmo o pagamento de uma prestação do carro do sócio não deve ser lançada em imobilizado veículo, mas sim em retirada do sócio.

 

Despesas Financeiras 

Deixo as despesas financeiras separadas das despesas variáveis e fixas por ser esta uma despesa não operacional.

Despesas financeiras, são os custos da utilização de recursos de terceiros, que são pagos em forma de juros, no cheque especial, na antecipação de recebíveis como troca de cheques, boleto ou antecipação do cartão. Qualquer custo de juro, IOF ou custos de abertura de cadastro para operações de empréstimo são despesas financeiras.

 

Imobilizado

O que desembolsamos com imobilizado, como prestação de um carro, de um consórcio ou na compra de móveis e utensílios ou de um computador não são despesas.

Não são despesas, pois deixaram apenas de ser ativo circulante (dinheiro) para se tornar ativo imobilizado (bens) da empresa.

Houve um desembolso que deve ser anotado e que diminui o caixa da empresa, mas é uma conta que não influencia no resultado operacional.

A empresa pode ter tido lucro operacional e não ter tido dinheiro para pagar o investimento do mês por exemplo.

De qualquer forma lance sempre no imobilizado desembolsos desta natureza.

Veja mais explicações em no blog.

 

Empréstimos

Empréstimos existem os pagos(saídas) e os recebidos(entrada). Estes não são receitas, despesas, custos ou imobilizado. Entram na categoria de empréstimos e influenciam consideravelmente o fluxo de caixa, dependendo da situação da empresa.

Verifique para lançar os empréstimos nesta categoria.

Fechar Menu